Boneca da Semana – Ballok

Minha Ballok, uma CWC Circus Zinochika custom por Pliskytrix.

A Ballok tem uma história curiosa, eu a adotei de uma colecionadora na França, ela levou quase 6 meses para chegar, e eu já dava como perdida…
Depois que ela chegou a moça que me vendeu disse que ela era bonita, mas não muito fácil de fotografar. Como assim??? Eu não fiz nada, só tirei a foto dela! 😉 🙂


E, por fim, Balook no ateliê Cores da Cris.

Boneca da Semana – A Nina, claro!

A Nina foi minha primeira Blythe, então ela é, e sempre será… bem, a Nina!

A nina é uma factory da Urban Cowgirl que eu adotei de uma colecionadora qui de São Paulo, no dia 10 de setembro de 2013. Ela foi customizada pela Zuzana, do Blytheadore.

Seu nome original, que a Zuzana escolhei para ela é Erin. Mas eu a chamei de Nina, e ela ee a minha Nina! E ela veio com esse vestidinho azul, a touca e o coelhinho.

Eu me apaixonei por essa carinha fofa dela, e fiquei alguns dias só olhando para ela.
De verdade!

Quando ela chegou, fiquei meio hipnotizada… Acho que eu não tinha tanta noção do quanto essas pequenas #coloridas iriam mudar as coisas por aqui. 😀


Ela tem pequenas libélulas nas pálpebras.

Eu ainda pretendo gravar um vídeo explicando o que é isso de factory, tbl, stock…
O fato é que a Nina veio porque eu estava muito ansiosa, e queria logo pegar uma Blythe nas minhas mãos. Eu não escolhi a Nina, ela apareceu para mim… E acho que é isso que faz dela tão especial.


E seus pullrings são fofos!

E como a Nina é muito especial, ela ganho foto montagem em meu ateliê Cores da Cris, exclusiva em um dos meus painéis pintados (foto abaixo).

Adorei fotografar mais uma vez a Nina em meu ateliê!

Boneca da Semana – Brûlée

A menina dessa semana é uma das minhas mais recentes Blythes na coleção, A Brêlée…

Ela é uma Gracey Chantilly Blythe customizada pela Tolé Tolé, uma das minhas customizadoras preferidas. Ela é da Espanha e chegou aqui em dezembro do ano passado, 2017.

Ela tem esse estilo meio “Lolita” (a oroginal da Takara), e é mesmo muito bonita!
Só vendo ao vivo…

O nome dela “Brûlé”, em francês significa “queimado”. Achei curioso, mas ela já veio batizada assim, e resolvi deixar. Gosto de nomes diferentes…

E ela veio com corpinho de Licca, atualmente o meu preferido… (sim, eu mudei, antes preferia o corpo stock, mas agora estou gostando mais do de Licca)

Ah, e por falar nisso, aproveite para conhecer o Canal das Blythes no youtube e assistir ao vídeo que eu fiz falando dos modelos de corpinhos das Blythes.

O enxoval dela ainda é pequeno, na verdade, além do vestido original, eu encontrei esse lindo vestido da Adriana Kobata, que combinou perfeitamente com ela.
Fiquei feliz! 😀

E ela ainda vai passar muitas vezes pelo meu Canal das Blythes… Ela é linda!

Boneca da Semana – Aubrey

Para essa primeira semana de fevereiro, a boneca que eu fotografei foi a Aubrey.

A Aubrey é uma das minhas primeiras Blythes.
Para ser bem exata, ela é minha terceira Blythe, a primeira “fake” que comprei, e que chegou em novembro de 2013.

Eu comprei como “factroy”… mas ela é provavelmente uma TBL (ainda vou gravar um vídeo falando disso tudo… )

Ela já mudou várias vezes…


Aubrey stock, como eu a comprei.

Veio stock, e foi para fazer uma custom parcial com a Lou Grimes. Eu tinha muito receio de customizar as dolls (era o comecinho do hobby para mim, e ainda estava encantada com as stocks…)


Agora já com a semi-custom, nova make e verniz fosco, mas sem carved.

Essa primeira semi-custom foi só para experimentar mesmo…
E logo eu achei um scalp orignal da Blythe Takara Primadolly Encore Aubrey, que ficou perfeito para ela…


Aqui a Aubrey já está com seu novo scalp.

E depois ela voltou para uma nova custom, agora sim, com carved, feita pela Lou Grimes também.

Nessa foto, Aubrey e Nina, minha primeira Blythe, modelando meus vestidos criados junto com o Coletivo TransSol

E no final do ano passado eu resolvi que queria mudá-la uma vez mais…
É normal no hobby a gente mudar, não é mesmo?
E a Aubrey é uma boneca que tem muita história em minha coleção, por isso ela ganhou nova customização, e agora, uma personalidade… A nova custom é da Fabi Alves, e acho que combinou muito com ela.

A Aubrey será minha Blythe-Moranguinho.
Mas isso é uma outra história, que vou contar para vocês depois.
🙂

Vídeo novo no Cores da Cris!

Hoje foi deia de falar das pequenas, das Petites Blythe…

As Petites são as “irmãzinhas” menores das Blythes, e são produzidas por empresas diferentes, você sabia?

Então assista ao vídeo dessa semana e saiba mais sobre as pequeninas e tão queridas Petites Blythe!

E não é que chegou mais uma indiazinha por aqui?

No vídeo que postei semana passada, As Bonecas do Blythecon Rio 2017, eu apresentei as bonecas que vieram para minha coleção depois do evento, e até comentei sobre as Blythes da exposição “Minha vida é andar por essa país”, vocês se lembram?

Pois então, é não é que mais uma delas veio para cá? E justo uma tão especial?


Shãkuãni, a boneca do Acre

Customizada pela Julia Cabral, ela foi uma das bonecas da exposição para as quais eu fiz o design da estampa.

Essa era, sem dúvida, uma das Blythes que eu mais desejava.
Não apenas pela custom, que é linda, e eu sou fâ da Julia. Mas também pelo tema, e, claro, porque seria uma lembrança bem especial desse evento. E a Julia ainda fez o desenho das folhas de seringueira que eu criei para a estampa no back plate dela. Adorei!

Abaixo estão so quatro vestidos com as estampas que eu criei para a exposição.

A agora eu tenho duas indiazinhas em minha coleção, que legal!
E elas são bem diferentes, podemos dizer, de tribos diferentes… risos.


Shãkuãni e Ceci, posando para a foto…

E abaixo vocês podem ver mais informações sobre ela, exatamente como aparece no catálogo da exposição.